Guarda Municipal de Cajamar inicia Operação ‘Fim de Ano Seguro’

Programa Muito + Segurança reforçou o patrulhamento com equipes da Guarda Civil e Policia Militar para apreender motocicletas barulhentas e coibir crimes durante o fim de ano.
Publicada em 20/12/2020 às 19:00 | Departamento de Comunicação e Imprensa
As operações estão sendo realizadas em dias e locais alternados e que não serão divulgados, visto que se trata de infração às leis de trânsito. Foto SECOM

O Programa Muito + Segurança, através da Guarda Civil Municipal de Cajamar (GCMC), iniciou no mês de dezembro a Operação “Fim de Ano Seguro”, que visa o reforço diário com patrulhamento ostensivo nas ruas e centros comerciais de Cajamar. A ação irá durar até o dia 4 de janeiro e contará com um efetivo diário de 30 guardas civis municipais com o auxílio de viaturas, bases móveis, equipes táticas de Rondas Operacionais com Motocicletas (ROMO), Rondas Ostensiva Municipal (ROMO) e Canil.

A operação de fim de ano da Prefeitura de Cajamar contará com o apoio do Sistema de Videomonitoramento, através dos totens de segurança e mais de 100 câmeras de última geração, instaladas em pontos estratégicos da cidade, com captações de imagens em 360º graus, todos controlados por agentes da Guarda Civil Municipal direto da sede do Centro de Controle Operacional, importante equipamento público inaugurado em agosto deste ano.

O principal objetivo da operação é coibir crimes, principalmente furtos e roubos no período em que a população intensifica as compras de final de ano. O Prefeito Danilo Joan destaca a importância da operação neste período em que o comércio será aquecido. “Estamos vivendo um período de retomada econômica depois de meses de pandemia e o comércio local conta com essa movimentação maior de final de ano. Nesta época, a presença policial ostensiva garantirá tranquilidade para os comerciantes e clientes durante as compras”, destacou.

Fiscalização

A Secretaria de Segurança Urbana, em parceria com Secretaria de Mobilidade e Desenvolvimento Urbano, intensificaram nos últimos dias as operações de fiscalização dos motociclistas que, contrariando o Código de Trânsito Brasileiro, insistem em circular pela cidade com motos barulhentas ou sem placas de identificação.

“O alvo principal da Guarda Civil Municipal e dos agentes de trânsito do Departamento de Mobilidade Urbana e Trânsito são as motocicletas com o sistema de descarga alterado, como a retirada do silenciador ou substituição do cano original por outro esportivo, o que vem gerando muitas reclamações por parte da população por conta do barulho, principalmente no período de final de ano. As operações estão sendo realizadas em dias e locais alternados e que não serão divulgados, visto que se trata de infração às leis de trânsito”, explica Cássio Gonçalves, comandante da Guarda Civil Municipal.

Recomendações

Além do reforço no patrulhamento com as equipes de segurança, a Secretaria de Segurança Urbana alerta a população com relação aos cuidados a serem tomados com aparelhos de celulares, bolsas, carteiras e demais pertences que possam chamar a atenção de pessoas mal-intencionadas. “É preciso ter muita cautela, especialmente no horário de fechamento dos estabelecimentos, quando há uma circulação menor de pessoas. Outra recomendação é evitar fazer uso de serviços bancários no período noturno”, orienta Cássio Gonçalves, comandante da Guarda Municipal.

Em casos de situação de risco ou ameaça, a Guarda Municipal pode ser acionada por meio do 153 e 4447-4000 ou a Polícia Militar no número de telefone 190.

Operação Fim de Ano

A operação “Fim de Ano Seguro” é mais uma ação da Prefeitura de Cajamar através do Programa Muito + Segurança, que desde o início do ano tem investido no combate à criminalidade equipando os agentes da Guarda Municipal com novos armamentos, viaturas, fardamento e tecnologia para o combate a criminalidade.


Mais notícias sobre Muito + SegurançaSegurança Urbana
Link original: https://cajamar.sp.gov.br/noticias/2020/12/20/guarda-municipal-de-cajamar-inicia-operacao-fim-de-ano-seguro/
Desenvolvido por CIJUN
Voltar para o topo Whatsapp